O gestor agora pode limitar a quantidade de horas consecutivas que o profissional pode trabalhar. Por exemplo, se na sua empresa um profissional não pode trabalhar mais do que 24 horas seguidas, um alerta será emitido caso ele ultrapasse esse limite.